Quem sou?

Quem é o Mica? Um photo trekker a querer conhecer o Mundo

 

Sabe mais em Quem Sou

 

Junta-te à minha Mailing List
  • White Facebook Icon

© 2019 by Mickael Mónico

  • Mickael Mónico

2º evento Travel Bloggers PT - Covilhã

É verdade, o Mica esteve presente no segundo evento anual dos Travel Bloggers PT, desta vez na Covilhã 



E como é que tudo isso veio a acontecer? Então se é um evento para bloggers é para mim certo? 


Bem não assim tão certo à partida... e explico já de seguida o porquê.


Sendo este estilo de vida de viagens bastante recente, e do blog ainda muito mais recente, pensei para mim que não estava ainda "apto" a estar presente no evento, no entanto fui mesmo aconselhado, senão obrigado lol (por outro bloggers viajantes que já conhecia) a me inscrever e assim foi.


O resultado disso foi só uma experiência incrível. Acreditem mesmo.


São 10 horas do sábado e lá vou eu em direcção à Covilhã para iniciar aquele que ia ser um fantástico evento. Na viagem não paravam as mensagens do grupo criado com todos os bloggers presentes. Uma conversa de muito divertimento que já durava desde os dias antes aquando da criação desse group-messenger-chat.


E são pouco mais de meio dia quando eu chego à maravilhosa cidade que me ia receber nesse fim de semana.

Coloco o café Primor no gps para ir ter com todos os bloggers que já se encontravam lá a conviver. E foi aí que percebi que não ir seria simplesmente um erro enorme. A recepção foi simplesmente fantástica. Certo sim que já lá estavam bloggers que já conheço bem, mas o primeiro contacto com todos os outros foi excepcional mesmo.


Sentando-me à mesa acabo por pedir um mega brunch Primor, especialidade do local, o qual não consegui acabar devido à tamanha quantidade de comida que veio eh eh eh. Antes de me chamarem de fraco, fiquem a saber que isso foi quase regra geral com todos.


E bem, chega-se o momento de ter de ir até à Câmara da Covilhã onde iríamos ser recebidos pela vereador, de um modo que posso dizer desde já muito acima de acolhedor. Consegui ver uma felicidade enorme de quem nos estava a abrir as portas à sua cidade e com uma enorme vontade de nos mostrar muitas das coisas que tem para nos presenciar.

Foi também momento de poder ouvir as palavras das incríveis organizadoras que tornaram este evento possível. Irão perceber ao longo do artigo que foram mesmo umas incríveis organizadoras.





Após recebermos uns belos passaportes do Travel Bloggers Pt e que iriam levar o primeiro carimbo aqui mesmo na câmara, foi momento de seguirmos para a próxima actividade.





Está na hora de fazemos um roteiro fotográfico pela cidade de modo a podermos presenciar obras incríveis executadas nas paredes da cidade. Quem me conhece sabe que arte urbana é uma das minhas grandes paixões, portanto o dia não podia estar a ser melhor. Juntar fotografia a ver paredes personalizadas e bem decoradas, vamos a isso.





Algumas obras com uma história incrível como é o caso do Retrato do Sr. Viseu, que para além da arte em si, tem uma mensagem importante.




Deixo-vos também aqui o link do wool festival para que conheçam o trabalho por eles realizado sempre com o intuito de levar a arte urbana a toda a gente. Podem assim também espreitar o significado e mensagem de cada obra / artista.


Acabado o roteiro fotográfico, chegamos à taberna Laranjinha onde nos espera o Ricardo, proprietário que nos irá receber para uma degustação fantástica. Antes da degustação pudemos conhecer o significado da “Laranjinha" que também podem conhecer neste link.





Comer e beber é óptimo mas o evento são muito mais coisas, e agora temos de nos dirigir até à New Hand Lab que é um empresa erigida na antiga fábrica António Estrela / Júlio Afonso, no centro da Covilhã.


A New Hand Lab é hoje o local reservado a artistas entre fotógrafos, artesãos, designers entre outros, que ocupam diversos ateliers e espaços da fábrica para as suas criações. Sabe mais através deste link.




Tivemos o prazer de poder efectuar uma visita guiada a todo o espaço assim como ateliers de alguns artistas.

Poder visualizar as máquinas todas do mundo da lã assim como todas os utensílios mais antigamente utilizados tornou a visita mesmo muito muito agradável. Aliás não é todos os dias que nos encontramos a visitar uma fábrica em modo MUSEU de curiosidade.






Está na hora de ir fazer o check-in até ao hotel para depois todos irmos jantar. São ordens da organização que toda a gente seja rápido pois já estamos atrasados. Há então que despachar e tomar uma banhoca rápida de modo a estar mais confortável para o jantar. Até porque durante o dia o calor esteve sempre a acompanhar-nos. Especialmente durante a manhã do roteiro fotográfico.


Chegamos ao Restaurante Montiel para jantar e é aqui que tudo se iria passar como não era suposto. Uma incrível enxaqueca ia acabar por me deixar como se diz, em modo "caixão à cova". Após a Lara do blog Viver o Mundo, me conseguir ir buscar uns comprimidos milagrosos que me acabariam por salvar das dores mais tarde, era para mim hora de regressar ao hotel mais cedo.





É Domingo de manhã, enxaqueca curada e lá me levanto eu para o segundo dia do evento. Direcção parque de estacionamento como no dia anterior, mas desta vez para apanharmos o autocarro em direcção à famosa Serra da Estrela.


Entre curvas e mais curvas la íamos nós até à nossa primeira paragem, paragem essa na Torre.





Já estamos na Torre, e podemos agora desfrutar da Serra em todo o seu esplendor. Se calhar para muitos não faria sentido ver a Serra despida de branco, mas acreditem que ninguém se sentiu indiferente perante o cenário de natureza ali existente. Se nunca visitaram a Serra a não ser em períodos de a ver vestida de branco, devem reconsiderar, acreditem.


Após um bom momento a apreciar o que adoro, tirar fotografias, conviver e para alguns, muito queijo comido ah ah, está no hora de voltar ao autocarro para começarmos a descer a Serra.


Espera-nos uma próxima paragem num sítio muito agradável - o Covão d'Ametade. Este sítio agradável como mencionei e ideal para piqueniques, paragens a apreciar ou outros, resulta de uma depressão de origem glaciar. Sabe mais aqui.





Rumo agora ao próximo destino já com a fome a sentir-se por alguns ah ah.

E estamos agora já mesmo ao lado da pousada da juventude da Serra da Estrela onde iríamos almoçar, só que antes ainda iríamos conhecer a piscina natural mais alta de Portugal.  O local está muito bem conseguido para passar uma manhã, tarde ou até dia completo numa piscina natural em plena Serra da Estrela.





Boa notícia é que já existe da parte de quem gere o espaço, a aplicação de soluções de modo a conseguir uma temperatura de água sempre ao mais agradável. A primeira solução aplicada foi a pintura total da mesma em tons de preto de modo a absorver mais os raios solares, e já está em estudo o aquecimento da água com recurso a energia solar. Mas agora são mesmo horas é de seguirmos até à Pousada da Juventude da Serra da Estrela, onde iríamos almoçar. Como prato principal foi-nos servido um incrível Bacalhau de Assis que eu adorei, chegando à sobremesa para um folhado de doce de abóbora acompanhado de requeijão.


Chega agora o momento de visitar o último local do evento que já está infelizmente a chegar ao fim.

Dirigimo-nos então até ao Museu de Lanifícios, mais uma experiência que marca mais uma vez quem veio conhecer a história da Covilhã.



Acabaríamos o evento com um briefing e entrega de brindes por parte dos parceiros do evento. Não se pode deixar de felicitar quem tornou tudo isso possível, e já só posso esperar pelo Terceiro. Até breve para novas partilhas!

17 visualizações